NOTÍCIAS

Organização Mundial da Saúde publica relatório sobre estado da Aids no mundo

27 de novembro de 2008

A OMS atingiu a marca de 3 milhões de pessoas recebendo tratamento com medicamentos antiretrovirais em todo o mundo. Essa era uma das metas da iniciativa estabelecida em 2003 pela Unaids. O número de pacientes tratados deveria ter sido atingido no final de 2005, mas só foi alcançado no final de 2007. O ano de 2007 representou um avanço na disseminação das medidas de prevenção e diagnóstico. A transmissão materna da doença durante a gravidez, o aconselhamento das pessoas que recebem um resultado positivo e a extensão do tratamento às crianças também receberam atenção das autoridades.

O número de crianças tratadas com a doença praticamente triplicou em 2 anos, passando de 75 mil em 2005 para mais de 200 mil em 2007. Nas crianças, o grande desafio continua sendo a realização do diagnóstico de forma precoce.

Centros de atendimento
Atualmente existem 10 mil centros de atendimento à doença em 119 países. Esses dados representam um crescimento de uma vez e meia no número de centros de tratamento quando comparado ao ano de 2005. Apesar das boas notícias, muitos países não conseguiram alcançar o objetivo de cobertura universal aos portadores da doença.

A epidemia de Aids continua a crescer. No final do ano passado, os especialistas estimaram que 33,2 milhões de pessoas estavam vivendo com o vírus. Dessas, 2,1 milhões eram crianças. O ritmo de crescimento têm se mantido, com 2,5 milhões de novos casos por ano e 2,1 milhões de mortos pela doença.

O aumento do número de pacientes recebendo medicação antiretroviral atingiu 72% em regiões como a Africa SubSaariana, por conta de algumas iniciativas bem-sucedidas.

Os países mais pobres do mundo continuam passando por dificuldades na extensão da cobertura do tratamento com anti-retrovirais. Nesses casos, a média de atendimento ficou em torno de 31% dos casos.

O Brasil, com seu programa de atendimento e fornecimento de anti-retrovirais, atinge cerca de 80% daqueles que necessitam de tratamento, segundo a OMS. Dentro do grupo dos 45 países em desenvolvimento, o país está entre as nove nações que passam da cifra de 75% dos pacientes atendidos. A Organização Mundial da Saúde ressalta que os serviços de saúde em todo o mundo devem ser apoiados e reforçados para que a luta contra a epidemia de Aids continue.

  • SIGA O ACHÉ:

X
  • Alert
  • ATUALIZAÇÃO DA POLÍTICA DE PRIVACIDADE

O Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A se preocupa com a sua privacidade e quer que você esteja familiarizado com a forma como coletamos, utilizamos e divulgamos suas informações.

COLETA DE INFORMAÇÕES:

Alguns dados pessoais podem ser solicitados para que você se beneficie de nossos serviços ou programas. Sempre que obrigatório por Lei, seu consentimento será solicitado. Você também poderá exercer seus direitos em relação a seus dados por meio do nosso Canal de Comunicação.

SEGURANÇA:

Empregamos os melhores esforços para respeitar e proteger seus dados pessoais contra perda, roubo, vazamento ou qualquer modalidade de uso indevido, bem como contra acesso não autorizado, divulgação, alteração e destruição.

CANAL DE COMUNICAÇÃO:

Para assuntos exclusivamente relacionados à privacidade de dados, clique aqui.

Para outros assuntos, clique aqui.

Política de privacidade, clique aqui.