NOTÍCIAS

Lavar as mãos pode ser eficaz para evitar gripe suína, apontam médicos

30 de novembro de 2009

Partículas com o vírus podem resistir em mesas, telefones e outras áreas. Contato com ponto infectado pode levar a contração da doença.

Preocupado com a gripe suína? Há uma maneira bem fácil de se proteger contra a infecção, apontam especialistas da área médica: lavar as mãos.

Portal REUTERS Brasil – 27/04/2009

Autoridades sanitárias de todo o mundo estão preocupadas com o surto de uma nova gripe que pode ter matado até 68 pessoas no México, com outras mil apresentando possíveis sintomas da doença, e que já infectou ao menos oito pessoas nos Estados Unidos.

Autoridades dos Centros de Controle de Doenças e Prevenção dos EUA (CDC, na sigla em inglês) e o Departamento de Saúde Pública da Califórnia disseram esperar descobrir novos casos nos próximos dias e semanas.

Pouco se pode fazer para prevenir uma pandemia da gripe, especialistas médicos alertam, mas eles dizem que medidas de senso comum podem ajudar indivíduos a se protegerem.

A medida número 1 é lavar as mãos, eles dizem – uma maneira surpreendentemente eficaz para prevenir todos os tipos de doenças, incluindo a gripe comum, e a nova e misteriosa gripe suína.

Turistas visitam o centro histórico da Cidade do México com máscaras, a fim de evitar contaminação pelo vírus da gripe suína. (Foto: Eliana Aponte/Reuters) 
“Proteja sua tosse ou seu espirro, lave suas mãos frequentemente”, aconselhou Richard Besser, diretor do CDC.

O vírus da gripe pode se espalhar em tosses e espirros, mas evidências crescentes mostram que pequenas partículas do vírus podem resistir em mesas, telefones e outras áreas e serem transferidas pelos dedos quando levados à boca, nariz ou olhos.

Álcool em gel e sabonetes em espuma são eficazes na destruição de vírus e bactérias.

Qualquer um com os sintomas semelhantes ao da gripe suína, como febre repentina, tosse ou dores musculares, deve evitar o trabalho ou o transporte público e deve realizar exames médicos.

Fique em casa

“Se você tiver a gripe, então não deve pegar ônibus ou avião e viajar”, disse Besser a repórteres por teleconferência.

“Distanciamento social” é outra tática. Significa ficar longe de outras pessoas que possam estar infectadas e inclui evitar grandes aglomerações, trabalhar e até repousar em casa se a infecção se espalhar pela comunidade.

Especialistas em gripe também advertem contra o estoque pessoal de remédios antivirais, pois a pessoa comum não vai saber precisamente quando começar o tratamento.

Muitas infecções se parecem com a gripe, diz a pediatra e imunologista Anne Moscona, do Weill Cornell Medical College, em Nova York. Vírus e bactérias podem igualmente desenvolver resistência a remédios usados frequentemente.

  • SIGA O ACHÉ NAS REDES SOCIAIS:

X
  • ATUALIZAÇÃO DA POLÍTICA DE PRIVACIDADE

O Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A se preocupa com a sua privacidade e quer que você esteja familiarizado com a forma como coletamos, utilizamos e divulgamos suas informações.

COLETA DE INFORMAÇÕES:

Alguns dados pessoais podem ser solicitados para que você se beneficie de nossos serviços ou programas. Sempre que obrigatório por Lei, seu consentimento será solicitado. Você também poderá exercer seus direitos em relação a seus dados por meio do nosso Canal de Comunicação.

SEGURANÇA:

Empregamos os melhores esforços para respeitar e proteger seus dados pessoais contra perda, roubo, vazamento ou qualquer modalidade de uso indevido, bem como contra acesso não autorizado, divulgação, alteração e destruição.

CANAL DE COMUNICAÇÃO:

Para assuntos exclusivamente relacionados à privacidade de dados, clique aqui.

Para outros assuntos, clique aqui.

Política de privacidade, clique aqui.