NOTÍCIAS

Aché lança Dastene (dutasterida) para tratamento de HPB (Hiperplasia Prostática Benigna)

30 de novembro de 2015

Visando a melhoria da qualidade de vida dos pacientes, o Aché lança Dastene (dutasterida), que reduz o volume da próstata, promovendo o alívio dos sintomas, além de melhorar o fluxo urinário e reduzir o risco de retenção urinária aguda (RUA) e a necessidade de cirurgia. Dastene está disponível em embalagens com 30 cápsulas moles de 0,5 mg para administração oral.

A hiperplasia prostática benigna, ou seja, o aumento da próstata, acomete cerca de 50% dos homens acima de 50 anos, chegando a 90% dos idosos acima dos 90 anos. Os sintomas da HPB estão relacionados diretamente às disfunções miccionais. Sendo os mais comuns à urgência e dificuldade ao urinar, infecções urinárias e retenção urinária, incomodando boa parte dos homens e prejudicando sua qualidade de vida.

“É fundamental a avaliação médica periódica, por meio de consultas ao urologista para o exame clínico e dosagem de PSA para detecção da HPB. O tratamento farmacológico com a dutasterida é uma das formas de conter a progressão da doença em homens com aumento do tamanho da próstata, diminuindo a incidência de complicações como a retenção urinária e procedimentos cirúrgicos devido a HPB”, afirma Fabiana Sanches, gerente médica do Aché.

A dutasterida é um inibidor de 5α-redutase, que atua reduzindo os níveis de di-hidrotestosterona (DHT) – fórmula intracelular da testosterona que estimula a hiperplasia da próstata – e, consequentemente, o volume prostático. Em comparação à finasterida, também utilizada no tratamento da HPB, possui efeitos mais potentes na inibição da DHT, com redução dos níveis plasmáticos em 90% contra 70% da finasterida.

Para a Dra. Fabiana Sanches, a dutasterida também é uma opção para o tratamento de longo prazo, como forma de diminuir eventos adversos decorrentes das terapias combinadas, com redução do custo do tratamento, mantendo os efeitos na diminuição do volume da próstata.

Aumento em idosos

A HPB é uma das 10 doenças mais comuns entre homens acima dos 50 anos. Segundo estudo publicado pela European Urology, 46% dos homens acima dos 50 anos de idade irão sofrer os sintomas da HBP – e 90% com mais de 80 anos são diagnosticados com o problema. Estima-se que 8,5 milhões de brasileiros sofram com transtornos de micção provocados pela HPB.

O aumento se inicia na zona periuretral da próstata, chamada de zona de transição, como resultado da proliferação das células do epitélio e do estroma ou de uma alteração da morte programada das células (apoptose), o que levaria ao seu acúmulo, resultando no aumento do volume prostático.

  • SIGA O ACHÉ:

X
  • Alert
  • ATUALIZAÇÃO DA POLÍTICA DE PRIVACIDADE

O Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A se preocupa com a sua privacidade e quer que você esteja familiarizado com a forma como coletamos, utilizamos e divulgamos suas informações.

COLETA DE INFORMAÇÕES:

Alguns dados pessoais podem ser solicitados para que você se beneficie de nossos serviços ou programas. Sempre que obrigatório por Lei, seu consentimento será solicitado. Você também poderá exercer seus direitos em relação a seus dados por meio do nosso Canal de Comunicação.

SEGURANÇA:

Empregamos os melhores esforços para respeitar e proteger seus dados pessoais contra perda, roubo, vazamento ou qualquer modalidade de uso indevido, bem como contra acesso não autorizado, divulgação, alteração e destruição.

CANAL DE COMUNICAÇÃO:

Para assuntos exclusivamente relacionados à privacidade de dados, clique aqui.

Para outros assuntos, clique aqui.

Política de privacidade, clique aqui.