Inovação

Inovação Radical

Um dos destaques do ano na frente inovação radical foi a parceria firmada pelo Aché com a MSRD (McQuade Center for Strategic Research and Development), um braço de pesquisa da indústria farmacêutica japonesa Otsuka. A colaboração entre as duas empresas busca avançar no desenvolvimento do composto ACH000029, destinado ao tratamento de transtornos de TAG (ansiedade generalizada) e de TEPT (estresse pós-traumático).

A fase de pesquisa e desenvolvimento inicial do projeto levou cerca de 10 anos e envolveu cientistas do Aché e de empresas parceiras, contemplando as etapas de design, síntese e ensaios biológicos de dezenas de moléculas até chegar ao candidato selecionado pelo Aché. Já os estudos clínicos de Fase I, assim como a produção das formulações a serem utilizadas nesses estudos que serão realizados nos próximos dois anos e meio, serão feitos em países com alto rigor regulatório.

Avançamos, também, no projeto que resultará no registro e lançamento de um produto indicado para o tratamento de vitiligo, com potencial de revolucionar o mercado, visto que ainda não há tratamento disponível para a doença.

Outra relevante iniciativa concretizada pelo Aché, neste último ano, foi a ampliação do escopo do Laboratório de Design e Síntese Molecular, dando foco no desenvolvimento de fitoterápicos e de medicamentos provenientes da biodiversidade brasileira, com o objetivo de executar, também, projetos advindos da plataforma Bioprospera.

Atualmente, o Aché conta com 13 projetos de inovação radical em desenvolvimento, sendo oito deles provenientes da biodiversidade e com o primeiro lançamento previsto para 2026.

Olhando para o futuro, em 2021, passamos a fazer parte do programa Emerge Amazônia, que tem o objetivo de alavancar o mercado de tecnologias de base científica que utilizam insumos amazônicos, em conjunto com empresas de diferentes segmentos. Para 2022, o Aché dará início a mais um processo de prospecção de projetos de pesquisa de novas drogas a partir dos biomas nacionais, com foco em áreas terapêuticas de interesse.

Mantemos a parceria inédita com a Phytobios e o CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais) para identificar substâncias bioativas em extratos vegetais da biodiversidade brasileira, potencializando, nesta parceria, a expertise do CNPEM no desenvolvimento e condução dos ensaios para a identificação de compostos bioativos, utilizando equipamentos de alta tecnologia, da Phytobios, que possui experiência na condução de expedições de bioprospecção em biomas brasileiros, e do Aché, com sua expertise em pesquisa e desenvolvimento de medicamentos inovadores, com foco na biodiversidade.

Além disso, mantemos parceria com universidades públicas e privadas, além de editais de apoio a projetos. Atualmente, colaboramos com grupos de pesquisa na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), no LNBio (Laboratório Nacional de Biociências), na USP (Universidade de São Paulo) e na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), com foco em áreas como biodiversidade, dermatologia e oncologia, além de incentivar projetos de diferentes setores da sociedade civil.

 

APOIO

  • SIGA O ACHÉ NAS REDES SOCIAIS:

X
  • ATUALIZAÇÃO DA POLÍTICA DE PRIVACIDADE

O Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A se preocupa com a sua privacidade e quer que você esteja familiarizado com a forma como coletamos, utilizamos e divulgamos suas informações.

COLETA DE INFORMAÇÕES:

Alguns dados pessoais podem ser solicitados para que você se beneficie de nossos serviços ou programas. Sempre que obrigatório por Lei, seu consentimento será solicitado. Você também poderá exercer seus direitos em relação a seus dados por meio do nosso Canal de Comunicação.

SEGURANÇA:

Empregamos os melhores esforços para respeitar e proteger seus dados pessoais contra perda, roubo, vazamento ou qualquer modalidade de uso indevido, bem como contra acesso não autorizado, divulgação, alteração e destruição.

CANAL DE COMUNICAÇÃO:

Para assuntos exclusivamente relacionados à privacidade de dados, clique aqui.

Para outros assuntos, clique aqui.

Política de privacidade, clique aqui.