ss

Definimos como fitomedicamentos os medicamentos de origem vegetal elaborados com extratos padronizados. O fitomedicamento é elaborado por um complexo processo químico que visa concentrar os princípios ativos da planta em um extrato. A padronização química (ou estandardização) garante o teor de princípios ativos para obtenção de uma atividade farmacológica.

É importante ressaltar que a padronização do extrato requer tecnologia analítica de ponta. O processo deve garantir que cada comprimido ou cápsula contenha o mesmo perfil químico, o mesmo teor de princípios ativos. Desta forma é possível garantir que o fitomedicamento obedeça aos mesmos três critérios que caracterizam um medicamento sintético: eficácia, qualidade e segurança, critérios essenciais para a obtenção do registro junto ao órgão regulatório competente (ANVISA, FDA, EMEA).

Fitomedicamentos Aché:

• Acheflan ® (Cordia verbenacea DC.)

• Antilerg ® (Petasites hybridus (L.) Gaertn., B.Mey. et Scherb.)

• Dinaton ® (Ginkgo biloba)

• Kamillosan® (Matricaria recutita L. Extrato)

• Liberaflux ® (Hedera helix )

• Remilev ® (Humulus lupulus, Valeriana officinalis)

• Remotiv ® (Hypericum perforatum)

• Sintocalmy ® (Passiflora incarnata L.)

• Soyfemme ® (Glycine max (L.) Merr. Extrato seco isoflavonas da soja).