Aché firma parceria inédita para o desenvolvimento de medicamentos a partir da Biodiversidade Brasileira

Em 11/12, em Campinas, foi realizada a cerimônia que firmou a parceria entre o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), a Phytobios e o Aché, com o apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII). A iniciativa, pioneira no país, irá pesquisar biodiversidade brasileira como fonte de inspiração de novas moléculas.

 

Essas instituições acumulam competências complementares capazes de integrar todas as atividades necessárias para chegar a um novo medicamento: o CNPEM, que tem grande capacidade no desenvolvimento e condução dos ensaios para a identificação de compostos bioativos, utilizando recursos tecnológicos como o acelerador de partículas; a Phytobios, que conta com uma vasta experiência na condução de expedições de bioprospecção em biomas brasileiros; e o Aché, que ao longo de mais de 50 anos tem expertise nas etapas de pesquisa e desenvolvimento de medicamentos inovadores.

 

Além disso, o programa poderá destacar o Brasil no mapa global de pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos, utilizando a biodiversidade brasileira como um recurso estratégico.