A partir de agora você deixa o Portal Corporativo do Aché.

O Aché Laboratórios S.A. não se responsabiliza por nenhum conteúdo além de seu domínio, exceto onde é indicado. Para obter mais informações sobre os medicamentos do Aché, recomendamos que verifique as bulas e procure um profissional de saúde.
Obrigado.

VoltarContinuar

Notícias e Press Releases

Genéricos - Biosintética tem planos agressivos para o mercado

Com 6,5% de participação nas vendas de genéricos, empresa quer duplicar esse número em apenas três anos

O laboratório Aché criou uma unidade de negócios específica  para ampliar sua participação no mercado de genéricos e dobrar sua participação no setor. A empresa começou a fabricar os produtos no final de 2005, com a compra do laboratório Biosintética. Hoje tem 6,5% de participação no mercado de genéricos e quer duplicar o número em três anos.

“Enxergamos o mercado de genéricos como uma importante alavanca de crescimento para os negócios da companhia”, diz o gerente de grupo da linha de genéricos Biosintética, Flávio Pimazoni. Com a unidade de negócio específica, explica, a empresa ganhou “foco total” para desenvolver esse trabalho.

Os genéricos representam hoje 15% do faturamento do Aché, comenta Pimazoni. Os remédios são produzidos em duas fábricas no Brasil, em São Paulo e em Guarulhos. “Temos capacidade produtiva instalada para atender plenamente à demanda da unidade”, afirma.

A principal linha de produtos da Biosintética é voltada para  doenças crônicas, como hipertensão, diabetes e sistema nervoso central. Mas a empresa produz ainda genéricos para patologias gastroenterológicas, respiratórias e oftalmológicas, entre outras.

“O mercado de genéricos já ocupa uma posição de destaque no Brasil”, comenta o gerente. Ele acrescenta que a empresa tem um plano agressivo de crescimento para a Unidade Genéricos Biosintética.

“Tanto em termos de lançamento de novas moléculas quanto em termos de investimentos em marketing, o conselho de administração e a diretoria do Aché realmente está apostando no crescimento da unidade e fazendo os aportes financeiros necessários para que o plano de crescimento se concretize.”

A empresa acompanha de perto a questão das patentes que expiram. “O mercado de produtos que perderão a proteção patentária fará com que haja um novo e importante crescimento para o mercado de genéricos como um todo”, avalia Pimazoni.

A Biosintética está trabalhando para fabricar a nova classe de produtos liberada pela Anvisa, os hormônios e os contraceptivos. “Estamos trabalhando nesse sentido para disponibilizarmos os contraceptivos o mais breve possível”, diz o gerente.



A partir de agora você deixa o Portal Corporativo do Aché.

O Aché Laboratórios S.A. não se responsabiliza por nenhum conteúdo além de seu domínio, exceto onde é indicado. Para obter mais informações sobre os medicamentos do Aché, recomendamos que verifique as bulas e procure um profissional de saúde.
Obrigado.

VoltarContinuar


Adicione aos favoritos